CARREGANDO...

Como organizar as finanças quando há grandes mudanças econômicas

Mulher contemplativa diante de um notebook

Ter uma boa saúde financeira pode ser difícil no começo, mas quando ela é controlada com um planejamento detalhado, é possível fazer economias e se preparar para possíveis crises ou mudanças econômicas no mercado. Confira neste texto algumas dicas para se organizar financeiramente quando o momento econômico não é bom.

Entenda a mudança financeira

Para organizar as suas finanças em tempos de crise ou de mudanças econômicas, o primeiro ponto é saber o que está acontecendo com o mercado; portanto não caia de paraquedas no novo cenário. Procure se informar, com fontes confiáveis, sobre os reais problemas, as motivações para as mudanças, se há perspectiva de melhora e em quanto tempo os especialistas acreditam que a situação vai se normalizar.

Anote suas despesas e lucros

Após conhecer a situação do mercado, é hora de começar a planejar novamente a sua vida econômica para se adequar a esse novo período. Anote os seus gastos fixos e variáveis, bem como os lucros e possíveis quantias extras que possam surgir. Desse modo, fica mais clara a realidade das suas finanças. A partir daí, você terá que traçar um novo cenário de mercado, baseado na importância que os seus produtos e serviços têm para a sociedade em tempos de crise, ou seja, se são essenciais ou supérfluos.

Diminua seu limite de gastos

É fundamental que, em tempos de crise econômica, as pessoas diminuam os seus gastos, evitando aqueles que não são imprescindíveis, para terem uma reserva de dinheiro maior que deverá ser usado para comprar os produtos realmente essenciais, como alimentos.

Reserva de emergência

Um planejamento financeiro de qualidade tem espaço para uma reserva de emergência, ou seja, uma parte do seu lucro que é separado e só será utilizado em caso de crises ou emergências. Estabeleça razões plausíveis para a utilização dessa reserva, pois isso te ajudará a controlar a vontade de usá-la em qualquer ocasião. Caso as consequência da crise pela qual o mercado está passando sejam realmente grandes para o seu negócio, use a sua reserva de emergência; porém, não se esqueça de que esse dinheiro deverá ser usado com mais responsabilidade ainda, uma vez que é o seu último recurso.

Cuidado com os empréstimos

Nos momentos de crise, é comum recorrer a empréstimos bancários para ter mais recursos e conseguir tocar o negócio. Porém, analise cuidadosamente os contratos de empréstimos, os juros, as taxas e o tempo que levará para devolver a quantia. Não tome decisões muito arriscadas, que possam te prejudicar a médio e longo prazo. Infelizmente, são comuns os casos de donos de negócios que não fazem um bom planejamento e criam dívidas para sair de outras dívidas. Portanto, seja cauteloso nas suas escolhas e saiba o momento exato de recorrer a esses serviços.

Nos tempos de crise, é importante manter-se informado e estar sempre atento às suas entradas e saídas de dinheiro, para que o seu planejamento possa ser alterado, caso necessário.

Leia mais textos sobre empreendedorismo e negócios em nosso blog. Acesse:

O que é cultura organizacional?

Como trabalhar em home office?

Grupo MoveEdu

Com mais de 30 anos de experiência no mercado de educação, o Grupo MoveEdu é detentor das redes Prepara Cursos, Microlins, People, SOS, Ensina Mais Turma da Mônica, Pingu’s English, English Talk e ITB. Já recebeu diversos selos de qualidade da Associação Brasileira de Franchising e prêmios de melhores franquias do Brasil. Conta com diversos programas de inserção no mercado de trabalho para jovens e de bolsas de estudo. Se interessou? Então comece agora mesmo! Conheça mais sobre o grupo MoveEdu e prepare-se para entrar de cabeça em um dos mercados que mais crescem no Brasil!

Comente:
Compartilhe

Inscreva-se em nossa newsletter

E receba todas as nossas atualizações em primeira mão.

Move Edu 2021 © Todos os direitos reservados